Desejo que me queiras

E mais que amar, há aquilo que somos, aquilo que queremos.

Por muitas mentiras que vejo passar diante os meus olhos dia a pós dia, acredito que ainda nos resta uma mão carregada de meia dúzia de verdade. Uma verdade que nos conhece até ao âmago das nossas próprias incertezas, que nos transparece a essência do nosso ser sem que nos permita questionar o porquê de sermos quem ou como somos, que não nos deixa sequer enganar aparências com gestos e palavras fantasiadas. Acredito, ainda, no verdadeiro sentido do genuíno, e acredito ainda mais que todos o temos. Nem todos nós o conhecemos. Mas acredito. E sei que acreditarei até prova em contrário. Porque melhor que sentir amor no decorrer do que somos é sentir que podemos ter o controlo do nosso amor, sentir que temos meios de opção sem depender de terceiros. Vivo numa de querer, por saber que pelo menos não caio em rodeios manhosos e cantigas mal engendradas, vivo assim por saber que as mentiras serão apenas as que permitir entrar, porque o que resta não pertence a mais ninguém senão a mim.

E mais que amar, há aquilo que desejo, aquilo que alcanço.
Desejo que me queiras sempre que te vejo...
Que me queiras falar;
Que me queiras conhecer;
Que me queiras ver sorrir;
Imagino que o meu amor seja o menos óbvio, o mais confuso, o menos apetecível a uma visão de primeiro impacto. O meu amor não será nada do que imaginas, mas será o que quiseres. Não vou precisar de flores ou chocolates, não vou querer grandes surpresas, mas se assim for, tanto melhor. Só quero que me fales quando não conseguir controlar os nervos e parecer pior que uma grafonola, que me fales baixinho ao ouvido quando os meus olhos vidrarem no silêncio, que grites comigo quando quiseres dizer que me amas. Só quero que me conheças por apetite próprio, que me conheças pelas estações do ano e pela temperatura do dia, só não quero que me conheças se for para me esqueceres uma semana depois de nos casarmos, quem sabe se em menos tempo. Não quero que me conheças as manhas nem os olhares, mas quero que me conheças os passos e as meias palavras. Só quero que me sorrias, que me queiras ver sorrir, que me peças um sorriso ao invés de um beijo, que me consigas ver sorrir até nas profundidades dos meus súbitos desesperos (e vão ser tantos).

E mais que amar, há sempre mais qualquer coisa que queremos.

5 comentários

  1. Mais importante que tudo: que se queiram um ao outro.

    ResponderEliminar
  2. que haja sempre qualquer coisa a mais para querer - só isso nos faz continuar a amar. um beijinho!

    ResponderEliminar
  3. Que nunca deixemos de querer mais qualquer coisa!

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Inês! :)
    Faço os gifs no gifmaker *

    ResponderEliminar